Telefone Editora Globo 0800

A Editora Globo ocupa um lugar importante na história do livro e do periódico no Brasil. Uma das editoras mais antigas do país, fez trajetória singular em nosso ambiente cultural e editorial durante o século XX. Publicou centenas de traduções de grandes autores, dicionários e enciclopédias pioneiros, materiais didáticos e revistas que marcaram época. Em 1986, a editora foi incorporada pelas Organizações Globo, do jornalista Roberto Marinho, que já possuía, desde 1952, a Rio Gráfica Editora, famosa por seu trabalho na área das revistas de grande circulação e de publicações em fascículos. Esse somatório permitiu à Editora Globo contar atualmente com um extenso e sofisticado catálogo de livros e periódicos e de novas mídias de ensino e pesquisa.

A história da Editora Globo foi possível graças ao espírito empreendedor e perseverante de duas famílias, que juntas vivenciaram praticamente um século de acontecimentos e fatos importantes na história do Brasil. Atentas aos processos sociais do país e tendo a força própria dos formadores de opinião, por meio da comunicação impressa, levaram ao grande público revistas, fascículos e livros – e mantiveram, ao longo do século XX, um desejo inabalável de dar continuidade ao aprimoramento de seu trabalho na busca de qualidade e de melhor atendimento ao leitor. Falamos das famílias Marinho e Bertaso.

Para falar na Editora Globo na Grande São Paulo: (11)3362-2000
O atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 21h e aos sábados, das 8h às 15h.

Email Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC): atendimentoresponde@edglobo.com.br
Para ligar, digite: 0800 770 8128 (ligação gratuita)

A primeira, a família Marinho, do Rio de Janeiro, em 1925 editava o jornal O Globo. Depois, em 1944, criou a Rádio Globo e, em 1952, fundou a Rio Gráfica Editora. Em seguida, nos anos 60, seria a vez da TV Globo do Rio de Janeiro, fundada em 1965, até o passo maior, dado com a compra, em 1986, da Editora Globo de Porto Alegre, por Roberto Marinho, então presidente das Organizações Globo.

A segunda, a família Bertaso, de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, confunde-se com a história da Livraria e Editora Globo, fundada em 1883, e ampliada, a partir de 1928, com o formidável incremento dado à Seção Editora da Livraria: a Editora Globo gaúcha, um nome que ainda permanece como referência na cultura sulista. Roberto Marinho, até 2004, esteve à frente das atividades das Organizações Globo, que assumiu aos 25 anos, na década de 30, no lugar de pai, Irineu Marinho Coelho de Barros, fundador do jornal O Globo.